sábado, 22 de agosto de 2009

Férias

Depois dos passeios debaixo do calor intenso e sufocante, do repouso estirado na areia, dos mergulhos na água salgada, das sestas, das noitadas, dos cheiros e sabores do peixe fresco e do marisco, depois dos corpos que se captam e espreitam por detrás das lentes escuras e da quietude sôfrega com que se vive cada dia. Depois de tudo o que se fez nesses dias sem nada para fazer, só nos resta regressar e ... descansar.

2 comentários:

  1. Então bom descanso, caro Amigo! Avizinham-se muitas tensões, nem que seja apreciando os políticos locais a atacarem-se com unhas e dentes!...

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pelos votos de descanso. Quanto à política local, ao bom gole inicial que deixou um travo de expectativa, parece a final, que a montanha terá parido um rato. A ver vamos!

    ResponderEliminar

Interessante explicação acerca de moral e ética