sexta-feira, 31 de julho de 2009

O Espólio de Pessoa

O espólio documental do escritor Fernando Pessoa, que inclui cartas, fotografias, livros, apontamentos, foi classificado como "tesouro nacional" pelo "relevante interesse cultural", designadamente, histórico, linguístico, documental e social" e reflectir "valores de memória, autenticidade, originalidade, raridade, singularidade e exemplaridade", refere o Governo.
A sub-directora da Biblioteca Nacional, disse que este é "o mais elevado grau de classificação dentro do património nacional". A classificação abrange todo o espólio documental conhecido e o que se vier a descobrir e impossibilita a sua saída de Portugal.
O espólio documental de Fernando Pessoa está depositado sobretudo na Biblioteca Nacional, mas há documentos do escritor na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, na Casa José Régio, em Vila do Conde, nas bibliotecas municipais do Porto e Ponta Delgada e na posse dos herdeiros.

4 comentários:

  1. Tardou mas chegou!Merecido, não?
    Possamos nós lê-lo, mastigá-lo e percebê-lo1
    Então, um brinde à classificação!Ganhamos todos um bocadinho!
    Beijinho terno!

    ResponderEliminar
  2. Memórias culturais de um povo. Documentos de pessoas (poetas, escritores) que marcam uma época e se eternizam, como Fernando Pessoa.
    Um abraço,
    Ana Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. A classificação é mais do que justa. Fernando Pessoa foi (é) o nosso Poeta maior.
    Agora, vamos ver, que tratamento é dado à documentação que ainda está na posse dos herdeiros.

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar

Interessante explicação acerca de moral e ética