sábado, 28 de fevereiro de 2009

O que qualifica o ser humano! Relativismo do egoísmo

Conheci hoje, pela primeira vez, o blog de um senhor padre bem conhecido em Lamego, Drº João António, no endereço, padrejoaoantonio.blogs.sapo.pt. A última entrada era intitulada " EGOÍSMO ESCURECE A RAZÃO" , no qual dá conta que o Papa Bento XVI "está a preparar uma encíclica sobre a crise económica e os problemas sociais". Trata-se de blog bem elaborado, transpirando devoção e entrega, muito interessante e actual, que concilia a opinião estudada com a comunicação dos factos mais pertinentes. Recomendo a consulta.
Aquele título, "O egoísmo escurece a razão", teve o condão de me fazer lembrar uma outra referência muito oportuna que a amiga Cristina aqui deixou, em comentário, a um registo ligeiro sob título "A vida é simples, nós é que a complicamos" e a referência à filosofia de Schopenhauer, conhecido como o filósofo do pessimismo e a sua teoria baseada no irracionalismo sistemático. Com a devida vénia, dizia a Cristina:
.
Eu penso que o riso acabou – porque a humanidade entristeceu. E entristeceu – por causa da sua imensa civilização. (...) Quanto mais uma sociedade é culta - mais a sua face é triste. (...) O Infeliz está votado ao bocejar infinito. E tem por única consolação que os jornais lhe chamem e que ele se chame a si próprio – O Grande Civilizado.”Eça de Queiroz, “A Decadência do riso”, in Notas Contemporâneas, Lisboa, Edição “Livros do Brasil”, 2000, pp.165-166.
.
Em "A Cidade e As Serras", Jacinto, personagem que desde o nascimento tem todas as condições para ser feliz, alimenta-se de leituras pessimistas, como podemos observar desde o início do conto “já se vinha repastando de Schopenhauer, do «Ecclesiastes», de outros pessimistas menores, e três, quatro vezes por dia, bocejava, com um bocejo cavo e lento”, afastando-se cada vez mais da natureza e caminhando progressivamente para a negatividade e tédio da vida.
.
Vamos então lembrar mais um pouco...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética