sábado, 18 de maio de 2013

Texto muito interessante sobre a VÍRGULA.

A Vírgula pode ser uma pausa, ou não…
Não, espere.
Não espere…
Ela pode sumir com o seu dinheiro:
23,4.
2,34.
Pode criar heróis:
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.
Ela pode ser a solução:
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.
A vírgula muda uma opinião:
Não queremos saber.
Não, queremos saber.
A vírgula pode condenar ou salvar:
Não tenha clemência!
Não, tenha clemência!

(circula pela Net, de autor para mim desconhecido)

Uma vírgula muda tudo. Já mudou leis, já mudou contratos, já enriqueceu muitas pessoas e empobreceu outras tantas, já mudou disposições de últimas vontades (testamentos), etc.
Um derradeiro exemplo, brincando com a frase: Se o homem soubesse o valor que tem uma mulher andaria de quatro à sua procura.
 
A mulher, certamente coloca a vírgula depois de "mulher": Se o homem soubesse o valor que tem uma mulher, andaria de quatro à sua procura.
 
Já se for homem colocará a vírgula depois de "tem": Se o homem soubesse o valor que tem, uma mulher andaria de quatro à sua procura.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética