quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Sentenças entre lojas de roupa e cinema

Em Portugal, já temos os tribunais Julgados da Paz a funcionarem informalmente, já temos lojas juAdicionar imagemrídicas nos centros comerciais, só nos falta mesmo dar o passo que a Inglaterra quer dar. A notícia vem no I online.
"A Associação de Magistrados da Grã-Bretanha quer abrir tribunais dentro de centros comerciais.
Segundo o vice-presidente da associação, John Howson, “a justiça não deve ser escondida: as pessoas devem ter a oportunidade de vê-la em acção”.

Estes tribunais deverão poder julgar delitos pequenos ou em flagrante e tem como objectivo acelerar os julgamentos para criar um sistema de justiça mais rápido, eficaz e visível ao público (...) que fiquem no seio da comunidade, perto de onde vivem os infractores e respectivas famílias e que possa funcionar aos sábados ou quando as lojas fechem."

3 comentários:

  1. Que notícia interessante, Manuel. Um bom dia, abraço ;)

    ResponderEliminar
  2. Quem sabe se não funcionariam melhor?...

    ResponderEliminar
  3. Até podia ser... Mas, julgo que se perderia muito mais no futuro, pois penso que julgar pessoas ou os seus interesses quase sempre vistos de forma muito pessoal, deve estar resguardado da informalidade ou ligeireza desses locais, devendo manter dignididade e tenha subjacente o respeito pela função de julgar.

    ResponderEliminar

Interessante explicação acerca de moral e ética