quinta-feira, 8 de julho de 2010


golden share… golden share

O Tribunal de Justiça chumbou o uso da "golden share" na PT, considerando que o Estado Português não podia ter vetado o negócio da Telefónica com a PT (usando as famosas acções douradas, que atribuiriam aquele direito especial), na medida em que sairia comprometida a eficácia da proibição de restrição da livre circulação de capitais.

Recordando: A 30 de Junho, e apesar da maioria dos accionistas (74%) da PT pretenderem vender, o Estado vetou a venda à Telefónica dos 50% que a operadora tem na Vivo.

Acto 1 - O Ministro, Silva Pereira, no final do Conselho de Ministros, disse que “o acórdão tem uma eficácia meramente declarativa".

Acto 2 – O Presidente Executivo da PT, Zeinal Bava, disse que a decisão do Tribunal Europeu de Justiça "ultrapassa a empresa" e que o futuro passa por voltar a negociar com a Telefónica.

Em que ficamos? Onde fica o invocado interesse nacional! Notícia aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética