sexta-feira, 5 de março de 2010

Justiça ou boatos


O Senhor Bastonário da Ordem dos Advogados dixit: "o poder judicial está empenhado em derrubar o primeiro ministro". [após ponderação e exegese de todos os factos e documentos na sua posse, decidiu apresentar queixa formal. Inelutavelmente, cremos nós].
O senhor Secretário de Estado da Justiça, aproveitando a boleia do BOA, referiu que como advogado teve "indícios de influências políticas na justiça, mas nunca provas" [Consciente do poder em que está investido e que é seu o poder de tutela, decidiu proceder penal e disciplarmente contra os corruptos. Inelutavelmente, cremos nós].

Não andam de cabeça perdida?

6 comentários:

  1. Olá Manuel,
    Vivemos na era do absurdo!?...Quanto mais se tenta esclarecer, mais se complica!...
    Bom fim-de-semana,
    Um abraço,
    Manuela

    ResponderEliminar
  2. Anda tudo, na política e justiça portuguesas, de cabeça perdida. Nao a Justiça enquanto instituição, os tribunais, mas as figuras de proa que a representam...

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. As generalizações de imputações a destinatários não concretizados foram sempre votadas ao insucesso. Não previnem nem permitem que sejam repelidas e sancionadas.
    Trata-se, na minha opinião, de pura actuação política.

    ResponderEliminar
  4. No Brasil, os processos criminais políticos costumam acabar em pizza...

    Obrigada, Manuel Afonso, pela visita. Há quanto tempo não nos comunicávamos... Foi uma surpresa agradável.

    Um abraço,
    Ana Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Dia da Mulher 8-3 – 2010

    Hoje é dia da mulher
    É uma data festiva
    Com alegria e bem-estar
    Aqui te queremos saudar
    Com mais um ano de vida

    É esposa e dona de casa
    Sempre muito especial
    Ocupa um lugar ao sol
    Vai a tudo, entra no rol
    È mulher fenomenal

    Mulher com capacidade
    Que se agarra à labuta
    Mulher com liderança
    Que não perde a esperança
    Que na vida muito luta

    Deixou p´ra trás muita coisa
    Que outrora não fazia
    É mulher linda e amada
    Nesta vida mal fadada
    Às vezes com agonia

    É mulher feita de Luz
    Ser humano carregado
    Guerreira de fé e paz
    Durante nove meses trás
    “Fruto” no ventre gerado

    Teu útero, primeiro ninho
    De alguém que há-de nascer
    Acolhes com amizade
    E hoje sim, em liberdade
    Esse bebé que é teu ser

    Menina, mulher, e mãe
    Mais tarde também avó
    Consegues tempo p´rá amar
    Sempre sem desperdiçar
    Parte do teu tempo só…

    Tu és chefe de família
    Muitas vezes “mãe coragem”
    Decidida, alegre e viva
    Que mesmo estando sofrida
    Não vais em “libertinagem”

    Chora se o marido sofre
    Chora p´los filhos também
    Mas que não fica parada
    Nem cruza os braços p´ra nada
    É esposa, mulher e mãe!!!

    Teu dia é Internacional
    E toda a mulher merece
    Ser tratada com amor
    Seja em que país for
    Teu nome é Universal

    Peço desculpa, mas como não percebo nada de política e já à tempo que não passava, falei sobre o dia da mulher.
    BJO
    Áurea

    De Áurea da Mata

    ResponderEliminar
  6. Obrigado pela sua visita, espero que volte mais vezes.

    Que sua semana seja iluminado.

    beijooo.

    ResponderEliminar

Interessante explicação acerca de moral e ética