terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Louvor

Dois Despachos do mesmo dia e com efeitos espaçados de 4 dias:
No primeiro, de dia 26 nomeia secretária, no segundo Despacho, de dia 30, exonera-a, a pedido dela, e louva-se o seu desempenho.

"Escandaloso.
Não acho. Pois se a senhora em causa (durante a semanita de 26 a 30 Out 09) foi «extremamente leal, competente e dedicada», e se ainda conseguiu gerir o seu - escasso - tempo para mostrar «excelentes qualidades pessoais e profissionais», porque é que isso não há-de constar no Diário da República?! "

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética