quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

negócios usurários

Em Portugal o negócio usurário começa nos 33% !

O Banco de Portugal fez uma avaliação técnica do crédito ao consumo e definiu máximos. Sem surpresas, concluiu-se que os portugueses pagam juros altos.

O BdP definiu que a partir de Janeiro, nenhum banco poderá cobrar mais que 8% num crédito em ALD para um automóvel novo, não mais de 19,6% se pedir um crédito para férias ou 32,8% no seu cartão de crédito ou em qualquer empréstimo directo, por telefone ou Internet.

Quem ultrapassar os máximos agora fixados nos novos contratos, incorre no crime de usura.

Em estudo comparado, constata-se pelos valores divulgados que "os portugueses pagam juros no crédito ao consumo três a quatro pontos acima da média de outros países europeus".
A título de exemplo, em França a taxa máxima dos cartões, no terceiro trimestre de 2009, estava fixada em 21,4%, enquanto em Portugal será 32,8% em Janeiro.
Diário de Notícias, 09/12/2009

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética