terça-feira, 24 de março de 2009

Para Reflectir... caso vos apeteça

"Um agricultor coleccionava cavalos e só lhe faltava uma determinada raça.
Um dia ele descobriu que o seu vizinho tinha esse determinado cavalo e atazanou-o até conseguir comprá-lo.

Um mês depois o cavalo adoeceu e ele chamou o veterinário: - Bem, o seu cavalo está com uma virose; é preciso tomar este medicamento durante 3 dias, no terceiro dia eu regressarei e, caso ele não esteja melhor, será necessário sacrificá-lo.

Alí perto, o porco escutava a conversa toda... No dia seguinte deram o medicamento ao cavalo e foram-se embora.
O porco aproximou-se do cavalo e disse: - Força, amigo! Levanta-te daí, senão serás sacrificado!!!

No segundo dia, deram-lhe o medicamento e foram-se embora.
O porco aproximou-se do cavalo e disse: - Vamos lá amigo, levanta-te senão vais morrer! Vamos lá, eu ajudo-te alevantar... Upa! Um, dois, três! No terceiro dia deram-lhe o medicamento e o veterinário disse: - Infelizmente, vamos ter que sacrificá-lo amanhã, pois a virose pode contaminar os outros cavalos.

Quando se foram embora, o porco aproximou-se do cavalo e disse: - É agora ou nunca, levanta-te depressa! Coragem! Upa! Upa! Isso, devagar! Óptimo, vamos, um, dois, três, agora mais depressa, vá... Fantástico! Corre, corre mais! Upa! Upa!Upa!!! Tu venceste, Campeão!!!
Então, de repente o dono chegou, viu o cavalo a correr no campo e gritou:
- Milagre!!! O cavalo melhorou! Isto merece uma festa... para comemorar, vamos matar o porco!!!

Reflexão: Isto acontece com frequência no ambiente de trabalho e na vida também. Dificilmente se percebe quem tem o mérito pelo sucesso. Muitas das vezes aquele é atribuído erradamente."

Se algum dia alguém te disser que o teu trabalho não é de um profissional, lembra-te:

"Amadores construíram a Arca de Noé e profissionais construiram o Titanic".

"Procura ser uma pessoa de valor, em vez de uma pessoa de sucesso".

Via Ana Sofia, Amiga dos momentos difíceis.

6 comentários:

  1. Parabéns pelo vosso blog e pelo vosso trabalho.
    Se for do vosso interesse, gostaria de propor uma troca de links, isto é, colocarei o vosso link no meu blo http://historicofilosoficas.blogspot.com e vocês, se assim o entenderem, farão o mesmo com o meu.

    Obrigado pela atenção

    Sérgio Morais

    ResponderEliminar
  2. O porco fez o que tinha a fazer em sua consciência, ajudando a salvar o seu amigo cavalo, o que conseguiu. Depois,o seu destino não depende da vontade do cavalo. São as arbitrariedades e impresibilidades da vida. Agora, coisa diversa, mas em estreita relação, é o que sucede inúmeras vezes na vida, quando um ser pensante se apropria das ideias, do projecto, do resultado do esforço do colega de trabalho ou não, para obter benefícios em seu exclusivo benefício. Na política, vemos todos os dias como o líder partidário se apoiou durante a sua ascenção, no ombro e esforço de amigos apoiantes, mas que serão esquecidos e abandonados e por vezes mesmo espezinhados e reconduzidos à condição de inimigos, logo que ele se encontra alcandorado ao almejado lugar de chefe. Nessa altura, a corte será revista e formada por outros, já não os amigos, mas os bajuladores que gravitando à volta do chefe lhe fazem inchar o ego à custa de migalhas insusceptíveis de compensarem a dor de costas pela obliquidade comportamental.

    ResponderEliminar
  3. Tal como disse Manuel Afonso, hoje em dia já nada se faz pelo puro interesse de trabalhar e daí tirar frutos no colectivo de um grupo de trabalho. Hoje em dia é cada um por si e valha-nos Deus, se Este for por todos, pois estamos rodeados de pequenos monstros laborais que não olham a meios para atingir os seus objectivos.
    Eu gosto de trabalhar em equipa e acreditem que hoje em dia não consigo fazê-lo porque todos pensam que quem faz algo é para subir na vida e não para atingir um objectivo comum: o sucesso de TODOS e o valor de cada um.Cristina, voçê contruiu um "Titanic"...Não deixe nenhum "Iceberg" atravessar na sua frente...

    ResponderEliminar
  4. Ana Sofia, com a sua ajuda e de todos os nossos Amigos... não vamos deixar nenhum "iceberg" chegar sequer perto do nosso trabalho e do nosso projecto. Vamos continuar a trabalhar em EQUIPA:::OOO)))

    ResponderEliminar
  5. Olá, minha Amiga Ana Sofia.
    Li o teu comentário e refleti. Sim ,hoje em dia é um bocado díficil trabalhar em equipa.
    Mas num grupo de trabalho existe um ou outro elemento que trabalha nesse sentido.
    Ambas tivemos a experiência de trabalharmos juntas numa grande empresa e criamos, entre nós, uma simpatia e sintonia diria, quase imediata. Ajudavamo-nos uma à outra, sempre que uma de nós nessitasse, e sem qualquer interesse e cobrança.
    Este, acho eu, é o verdadeiro espírito de EQUIPA.
    Apesar de termos mudado de local de trabalho continuo a trabalhar em equipa contigo... SEMPRE.

    Susana Costa - CIC

    ResponderEliminar

Interessante explicação acerca de moral e ética