sábado, 27 de julho de 2013

Enquanto Churchill discursava, uma deputada oposicionista, Lady Astor, insistia em interrompê-lo e pedia para falar.
 
Todos sabiam que Churchill não gostava que interrompessem os seus discursos. Mas concedeu a palavra à deputada.
 
E ela disse, alto e bom som:
- Sr. Ministro, se V. Excia. fosse meu marido, eu colocava veneno no seu chá!
 
Churchill, lentamente, tirou os óculos, percorreu toda a plateia com o seu olhar astuto e, naquele silêncio em que todos aguardavam, respondeu:
 
- Nancy, se eu fosse seu marido, tomaria esse chá com todo o prazer!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética