sexta-feira, 28 de outubro de 2011


"O Estado construiu estradas sem carros para circular, escolas sem crianças para frequentar, estádios de futebol sem jogos para realizar, tudo sem dinheiro para pagar...
... O particular adquiriu a casa a crédito, mobilou a crédito, comprou carro, telemóvel e roupa a crédito, passeou e comprou férias a crédito...".
Teresa Costa Santos, deputada do PSD, in Jornal do Douro.

Pela minha parte, subscrevo em absoluto o que a senhora deputada de forma brilhante, singela e incisiva disse.

Agora, questiono-me. Como foi possível todos os nossos responsaveis políticos terem  atuado e permitido, por ação ou omissão, tudo o que agora se alcança como a causa dos nossos males?

E o pior, é que as duas respostas possiveis não são tranquilizantes pois, ou aquela atuação se deveu à ignorância e incompetência dos nossos dirigentes ou, pelo contrário, foi intencional, para poderem usufruir de consulados sem convulsões, ficionando para o povo o céu na terra.

Venha o diabo e escolha.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética