sábado, 4 de junho de 2011

outro dia D

.
Espero e acredito que a partir de amanhã termine a política das ilusões e das facilidades.  

Sabemos que as medidas que vão ter de ser tomadas - o Estado Português comprometeu-se com os credores do FMI a tomá-las - vão ser exigentes e difíceis, mas se nos forem explicadas, se nos derem conta do seu destino e do rigor da sua aplicação, poderemos até perceber, vamos poder aceitar.
 
Que não se esqueçam mais os políticos: O povo eleitor tem direito à verdade e à transparência por parte daqueles que escolheu para os representar..


Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética