domingo, 1 de maio de 2011

Ode à MenteDesperta

Há um senhor que mente.
Mente
 de corpo e alma, completamente.
mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele mente sinceramente.
Mas que mente, sobretudo, impunemente...
Indecentemente... mente.

mente tão racionalmente,
Que acha que mentindo vida fora,
Nos vai enganar eternamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética