sábado, 5 de março de 2011

enganados


Khadafi enganou meio mundo. Coitados!

1. O eng. Sócrates, montou-lhe tenda nos jardins do Forte de S. Julião da Barra, em Lisboa. Foi sua vista assídua. Juraram mútuos amores. Era a diplomacia dos petrodólares.
Agora, derreado pelos compromissos internacionais, Portugal vai presidir ao Comité de Sanções à Libia, no seio do Conselho de Segurança, das Nações Unidas. Disse o nosso nóbel ministro dos estrangeiros: "Houve um grande consenso no Conselho de Segurança e aceitámos de imediato".

Mas não foram só os políticos que se renderam aos petrodólares.

2.  Mariah Carey, por uma actuação em 2008, recebeu um milhão de dólares. Agora,  coitada, deu-se conta que não sabia que estava a cantar para o filho de Khadafi.
Beyonce, cantou no ano seguinte. Agora, veio dizer que doou o dinheiro todo para o Haiti.
Nelly Furtado, cantou para o próprio Khadafi. Agora, veio dizer que não sabia que cantara para o grande líder da revolução líbia. 

As relações diplomáticas, as relações com o poder e com o dinheiro, foram sempre semelhantes ao longo da história: Vinga o Carpem die.
Não era preciso pois a Hipocrisia, aqui e aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética