quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Austeridade

Afinal, todos à sua maneira, sentem a crise.
Almeida Santos não há muito tempo, disse que é normal que os senhores deputados não trabalhem à sexta, pois ganham pouco. «Não se paga aos deputados o suficiente para que sejam todos apenas profissionais". «Quanto às justificações para as faltas, é verdade que a sexta-feira é, em si própria uma justificação, porque é véspera de fim-de-semana."

Agora, foi a vez do deputado, Ricardo Gonçalves, vir a dizer a propósito do desconto de 5% nos ordenados, por causa crise.
- "Estamos todos a apertar o cinto, e os deputados são de longe os mais atingidos na carteira...Temos de pagar viagens, alojamento e comer fora. Com 3700,00€ por mês e mais 60,00€ por dia de ajudas, não dá. É uma miséria. "Se abrissem a cantina da Assembleia da República à noite, eu ia lá jantar".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Interessante explicação acerca de moral e ética