domingo, 26 de setembro de 2010

RTP, instância de recurso!

Agora que a Assembleia tem poderes constituintes, não são só as propostas do PSD de alteração da Constituição (CRP), que fazem furor, há outras...
"Após presenças sucessivas de Duarte Lima, Carlos Queiroz, Carlos Cruz e novamente Carlos Queiroz a porem as suas teses argumentativas junto de Judite de Sousa, os deputados decidiram alterar o equilíbrio de poderes na próxima revisão constitucional e dotar a Justiça portuguesa de mais uma instância de recurso: a RTP.

Assim, entre a condenação em tribunal de 1ª instância e o recurso ao tribunal de 2ª instância, os arguidos poderão recorrer ao novo tribunal de 1,5ª instância, presidido pelo colectivo de juízes formado pela meritíssima jornalista conselheira Judite de Sousa e pela excelentíssima meritíssima jornalista conselheira Fátima Campos Ferreira.
Para que a equidade judicial fique assegurada, todos os portugueses que não tenham direito a recorrerem ao tribunal de 1,5ª instância, por manifesta falta de notoriedade, poderão sempre recorrer aos fóruns da TSF e da SIC Notícias ou ao espaço reservado às cartas dos leitores no "Correio da Manhã". " Vitor Elias

1 comentário:

  1. Grato pela visita. E parabéns por teu blog, pareceu-me bastante interessante. Abraços!

    ResponderEliminar

Interessante explicação acerca de moral e ética