quinta-feira, 1 de abril de 2010

«Na realidade, o síndroma de Superioridade é uma consequência de um prévio complexo de inferioridade mal resolvido.
Quem não sente a "inferioridade", não precisa de exibir a sua "superioridade"».

Alfred Adler
Eu bem desconfiava que muitos políticos que por aí se exibem todos impertigados, olhando do alto do seu Olimpo para os outros como seres considerados menores, pouco mais que servos da gleba, teriam de ter alguma coisa mal resolvida da infância, qual complexo de Édipo! Nalguns políticos, esta deformação é tão profunda e patente, que a doença se tornou irreversível e sem cura.

1 comentário:

  1. Olá Manuel Afonso,
    Também Freud dizia que por trás de um complexo de superioridade há sempre um de inferioridade. Há de facto por cá muito problema de infância e eu creio que estão e estarão cristalizados, o pior é que de outro modo também vão atacando a nossa sanidade mental!?...
    Um abraço,
    Manuela

    ResponderEliminar

Interessante explicação acerca de moral e ética