sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Passagem das Ordenações Filipinas, durante a ocupação espanhola, de Portugal:

"Toda a pessoa, de qualquer qualidade que seja, que peccado de sodomia per qualquer maneira commetter, seja queimado, e feito per fogo em pó, para que nunca de seu corpo e sepultura possa haver memoria, e todos seus bens sejam confiscados para a Corôa de nosso Reinos, posto que tenha descendentes".


Sodomia, era então entendido como a prática de crimes sexuais "aberrantes" (na época, homossexualidade, sexo anal, estupro colectivo, animais, etc).

A designação, crê-se, virá da interpretação dada ao episódio bíblico de Sodoma e Gomorra segundo a qual estas foram destruídas, como castigo, pelas práticas imorais dos seus habitantes.

Interessante explicação acerca de moral e ética