domingo, 24 de junho de 2012

José Moreno: Reeleito grão-mestre

José Moreno foi reeleito grão-mestre da maçonaria da Grande Loja Legal  de Portugal numa sessão que reuniu cerca de 400 participantes.



Confesso que nunca percebi bem o facto de haver estes círculos fechados, todos eles confessados democratas e humanistas.
 
Mas, igualmente, até por contradição com os valores apregoados, faz-me confusão o aparato, os títulos, os hábitos e  as vestimentas. Têm como princípio primeiro:
 
 "A Maçonaria é uma Ordem iniciática e ritualistica, universal e fraterna, filosófica e progressista, baseada no livre-pensamento e na tolerância, que tem por objectivo o desenvolvimento espiritual do homem com vista á edificação de uma sociedade mais livre, justa e igualitária."



Como diz sempre um meu colega e amigo: LINDO! LINDO! Quem é contra?

Esta loja é relativamente recente, e resultou, ao que consta, de divergências entre os membro da outra loja, o Grande Oriente Lusitano.
 
É que eles também se zangam!
 
 


 
Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano

sábado, 23 de junho de 2012

Exéquias fúnebres


Caros colegas e amigos:
Cumpro o doloroso dever de comunicar o falecimento do meu (nosso) subsídio de férias. O mesmo encontra-se em câmara ardente nos cofres do F.M.I., da União Europeia e do Banco Central Europeu. As cerimónias fúnebres decorrerão durante estes dias, um pouco por todo o País, nos mais diversos serviços públicos.

Embora não sujeito a autópsia, não subsistem dúvidas de que se tratou de crime e de quem foram os seus autores e cúmplices.

Infelizmente, não foram ainda presos nem serão submetidos a julgamento, a ladroagem política que nos últimos 30 anos contribuiu para este desfecho.

Que nunca descanse em paz.

terça-feira, 12 de junho de 2012

O latim continua uma fonte de conhecimento



Do Latim

O vocábulo "maestro" vem do latim "magister" e este, por sua vez, do adjectivo "magis" que significa "mais" ou "mais que".

Na antiga Roma o "magister" era o que estava acima dos restantes, pelos seus conhecimentos e habilitações!

Já o vocábulo "ministro" vem do latim "minister" e este, por sua vez, do adjectivo "minus" que significa "menos" ou "menos que".

Na antiga Roma o "minister" era o servente ou o subordinado que apenas tinha habilidades ou era jeitoso.

Como se vê, o latim explica a razão porque qualquer um pode ser ministro... Mas não maestro!!!

Data venia Coutinho de Almeida

Interessante explicação acerca de moral e ética