sábado, 27 de agosto de 2011


Sempre soube que o mundo não era só como eu o via. Sempre soube que o mundo não era só a preto e branco, por exemplo, há também esta visão do Avante, órgão do PCP (Partido Comunista Português):

"Agressão imperialista à Líbia
Tripoli cai afogada em sangue *
Ao fim de seis meses de insurreição, cinco dos quais apoiados por persistentes bombardeamentos da NATO, os contra-revolucionários tomaram a capital da Líbia. No assalto a Tripoli, a Aliança Atlântica e os mercenários e fundamentalistas islâmicos afectos ao Conselho Nacional de Transição (CNT) mataram tantas pessoas como as vítimas civis estimadas pelo governo líbio durante todo o conflito.


Não deixa de surpreender que o regime líbio tenha resistido tanto tempo. Não raras vezes, empurrou as hordas contra-revolucionárias para o desespero da derrota. No último momento, foram sempre os imperialistas a evitar a aniquilação dos bandos do CNT. Na conquista de Tripoli não foi diferente."

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Paradoxos!

Por que razão fazem os últimos governos muita questão de que os professores sejam complexamente avaliados (ainda que não haja aquisição de conhecimentos ou valorização), se igualmente fazem muita questão de que os alunos progridam sempre (ainda que sem aquisição dos conhecimentos necessários)?

Estivesse o País bem economicamente e nada disto se colocaria…



Interessante explicação acerca de moral e ética